No fim das contas, tudo o que precisamos mesmo é estar próximo de alguém.

Então, essa coisa, onde todos nós mantemos nossa distância e fingimos não nos importar uns com os outros, é normalmente um monte de abobrinha. Então, nós vamos e escolhemos de quem queremos ficar perto, e uma vez que escolhemos aquelas pessoas, tendemos a continuar perto. Não importa o quanto nós os magoamos, as pessoas que estão contigo no fim são aquelas que vale a pena manter. E, claro, às vezes o perto pode ser perto demais. Mas, às vezes, essa invasão do espaço pessoal pode ser exatamente do que precisamos.A pior coisa que você pode fazer é ser pra quem merece, o que eles merecem. Decida o que quer ser, e seja a mesma coisa com todo mundo. Quer ser bom? Seja bom mesmo com quem é mau. Se considera simpático? Só é simpático se for com todo mundo. Nunca mate uma cobra só porque ela te picou. É da natureza dela te machucar, você não precisa machucá-la de volta. Seja quem é, ou não seja ninguém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: