Arquivo do mês: março 2011

Algumas vezes eu fiz muito mal para pessoas que me amaram.

Não é paranóia não. É verdade. Sou tão talvez neuroticamente individualista que, quando acontece de alguém parecer aos meus olhos uma ameaça a essa individualidade, fico imediatamente cheio de espinhos – e corto relacionamentos com a maior frieza, às vezes firo, sou agressivo e tal. É preciso acabar com esse medo de ser tocado lá no fundo. Ou é preciso que alguém me toque profundamente para acabar com isso.

Caio Fernando Abreu.

Anúncios

Quando você ama,

Você se machuca. Quando você se machuca, você odeia. Quando você odeia, você tenta esquecer. Quando você tenta esquecer você começa a sentir falta.
E quando você começar a sentir falta.. Você eventualmente se apaixona novamente.


Uma declaração tardia.

Carla Luisa diz:
*enfim, a gente se afastou depois disso.
rodrigo (: diz:
*sim, pq eu fiquei puto porque vc desconfiou do meu amor por ti .
Carla Luisa diz:
*ficou?
rodrigo (: diz:
*fiquei .
Carla Luisa diz:
*hm. eu não sabia…
rodrigo (: diz:
*é eu fiquei
Carla Luisa diz:
*é. mas isso passou
*e agora estamos aqui.
rodrigo (: diz:
*estamos, mais eu queria poder voltar ..
Carla Luisa diz:
*depois de todo esse tempo?
rodrigo (: diz:
*eu sempre quis poder voltar no nosso tempo .


—Eu não valho nada, está bem?

Eu sei bem disso. Porque eu nunca me importei com ninguém, com nada a vida toda. E todo mundo sempre aceitou isso. “O Jamie é assim mesmo”. Aí você. Caramba. Você. Você não me viu desse jeito. Nunca conheci alguém que me achasse bom o bastante. Até que encontrei você. E você me fez acreditar nisso também. Então, infelizmente, preciso de você. E você precisa de mim.
Não preciso.
Precisa sim.
Não preciso.
Precisa, sim.
Pare. Não diga mais isso.
Precisa de alguém que cuide você.
Não preciso.
Todo mundo precisa.
Vou precisar mais de você do que você de mim.
— Tudo bem.
— Não, não é certo! Não é justo. Tem lugares aos quais quero ir.
— E você irá. Talvez eu tenha que carregá-la.
— Não posso exigir isso de você.
— Você não exigiu. Ei, vamos dizer que em algum universo alternativo exista um casal como nós, está bem? Só que ela é saudável e ele é perfeito. E o mundo deles gira em torno do quanto eles vão gastar nas férias, ou quem está de mau humor ou se eles sentem culpa por ter um faxineira. Não quero ser um deles. Quero ser como nós. Quero você. Quero o que temos.

Amor e Outras Drogas.



Enjoy The Silence

Vows are spoken
To be broken
Feelings are intense
Words are trivial
Pleasures remain
So does the pain
Words are meaningless
And forgettable

Juramentos são feitos
Para serem quebrados
Sentimentos são intensos
Palavras são triviais
Prazeres permanecem
A dor também
Palavras são sem sentido
E esquecíveis

Rápido demais.

Tudo aconteceu rápido demais, um dia estávamos conversando, e no outro, em silêncio. Um dia você disse ” você é a minha vida”, e no outro, que eu fiz parte dela.  Tudo aconteceu rápido demais. Um dia você disse que me amava, e no outro, que estava tudo acabado. Um dia você estava rindo comigo, e no outro, se fechou pra mim. Um dia minha vida estava perfeita, e no outro, acabada.
Tudo aconteceu rápido demais.


No fim das contas, tudo o que precisamos mesmo é estar próximo de alguém.

Então, essa coisa, onde todos nós mantemos nossa distância e fingimos não nos importar uns com os outros, é normalmente um monte de abobrinha. Então, nós vamos e escolhemos de quem queremos ficar perto, e uma vez que escolhemos aquelas pessoas, tendemos a continuar perto. Não importa o quanto nós os magoamos, as pessoas que estão contigo no fim são aquelas que vale a pena manter. E, claro, às vezes o perto pode ser perto demais. Mas, às vezes, essa invasão do espaço pessoal pode ser exatamente do que precisamos.A pior coisa que você pode fazer é ser pra quem merece, o que eles merecem. Decida o que quer ser, e seja a mesma coisa com todo mundo. Quer ser bom? Seja bom mesmo com quem é mau. Se considera simpático? Só é simpático se for com todo mundo. Nunca mate uma cobra só porque ela te picou. É da natureza dela te machucar, você não precisa machucá-la de volta. Seja quem é, ou não seja ninguém.