Quando me sinto ameaçada

Eu fujo. Eu me afasto. Quando eu sinto que algo de ruim vai acontecer eu saio correndo o mais rápido possível. Eu prefiro estragar tudo antes, do que receber o que eu não quero. Que eu não gosto. Que vai me fazer mal. Pode me chamar de covarde. Mas tem certas coisas que eu prefiro ser covarde mesmo do que ter que enfrentar. Porque meu coração já sangrou demais. Já se partiu, rasgou, estilhaçou. E ele criou esse campo de defesa. Minha auto preservação, auto proteção. Por consequência acabo sendo impulsiva, afobada e não sei esperar as coisas ao seu tempo. Essa sou, inconsequente e incoerente. Agora basta saber se você vai saber lidar com esse meu eu. Esse eu que quer tudo ou nada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: